Camisa 10 do Red Bull Bragantino, Claudinho revela sonho de jogar pelo Flamengo

105d8bae-795b-4073-836b-0b4545cb0873-1024x682

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Destaque do Red Bull Bragantino na campanha de acesso à Série A em 2019 e eleito o craque do Brasileirão Assaí 2020 – além de conquistar os prêmios de melhor meia, revelação e artilheiro do campeonato -, Claudinho foi o convidado desta quarta-feira (07) do canal Bolívia Talk Show, do YouTube.

Durante a realização do programa, o jogador de 24 anos, que faz parte do elenco da Seleção Brasileira para os Jogos Olímpicos de Tóquio, foi questionado pelo cantor ‘Bochecha’ se poderia, um dia, defender as cores do Flamengo. Como resposta, o camisa 10 foi direto e não escondeu a sua vontade de jogar pelo Rubro-Negro:

Respeitando o Red Bull Bragantino sempre, jogaria um dia sim (no Flamengo). Não tem por que esconder. É um grande clube brasileiro. Fico muito feliz. Se for da vontade de Deus de um dia eu jogar lá, vou jogar, pois tenho essa vontade” – comentou.

Na sequência, ao ser perguntado sobre um possível top 3 ‘camisas 10’ atualmente jogando no Brasil, Claudinho ressaltou a boa fase que vive na carreira e aproveitou para se incluir no ‘trio ideal’. Junto dele, Arrascaeta e Everton Ribeiro, do Flamengo, completariam a lista.

Não é por nada, mas considero que estou em uma fase muito boa. Então, assim, acho que estou entre os três melhores do Brasil. Me coloco entre esses três: eu, Arrascaeta e o Everton Ribeiro” – concluiu.

Protagonista do Red Bull Bragantino, o craque tem 31 gols em 129 jogos com a camisa do ‘Massa Bruta’ e já despertou o interesse de clubes da Europa, como o Zenit, a Roma e o RB Leipzig, do mesmo patrocinador do Bragantino. Vale ressaltar que Claudinho tem contrato até 2024 com a equipe paulista.

Claudinho: de quase goleiro a craque da camisa 10
Foto: Ari Ferreira / Red Bull Bragantino

Veja também: Flamengo perde para o Atlético-MG por 2 a 1 e a cabeça do técnico Rogério Ceni está na guilhotina

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra