Ex-técnico do América-MG, Lisca rasga elogios ao Flamengo após derrota no Campeonato Brasileiro

51055921073_a013f3a90d_k

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

No último domingo (13), o Flamengo recebeu o América-MG no Maracanã e derrotou a equipe visitante por 2 a 0 (Bruno Henrique e Rodrigo Muniz), em partida válida pela terceira rodada do Brasileirão. O resultado deixou o Rubro-Negro na 4ª colocação do campeonato, com 6 pontos em 2 partidas (uma a menos que os demais times), e colocou o Coelho na lanterna da competição, com 0 pontos de 9 disputados e nenhum gol marcado.

Em entrevista pós-jogo, Lisca – que pediu demissão do cargo de treinador do América-MG nesta segunda-feira (14), após a derrota para o Flamengo – lamentou o resultado negativo, mas admitiu a superioridade do clube carioca:

Tentamos um sistema um pouco mais baixo para transição, mas nosso time não está acostumado a jogar assim. Foi um primeiro tempo muito ruim para nós. Não conseguimos marcar, não conseguimos jogar. E o Flamengo também foi muito superior na parte física, técnica, tática e mental, que são as quatro valências mais importantes do jogo. A gente não conseguiu equilibrar a partida em nenhum momento. Encontramos um time que nos subjugou totalmente, do primeiro ao último minuto, e controlou o jogo com tranquilidade. Não conseguimos neutralizar nenhuma jogada deles nem ser agressivos” – declarou o ex-técnico do América-MG.

Na sequência, Lisca ainda exaltou a qualidade do elenco do Flamengo, que foi à campo com time misto, e aproveitou a oportunidade para elogiar Muniz, autor de um dos gols da vitória do Rubro-Negro:

Foi um jogo que não temos realmente o que reclamar. Arbitragem limpíssima, jogo limpíssimo, adversário limpíssimo. Muito superior à gente. Tenho que cumprimentar o Flamengo pelo plantel que tem, pelos jogadores que tem, mesmo com tantos desfalques. É um time fortíssimo, e ainda um banco cheio de meninos novos. Rodrigo Muniz hoje fez um golaço, está crescendo muito. Então não adianta reclamar. Devemos reconhecer a superioridade do adversário” – finalizou Lisca.

Confira aqui a entrevista completa.

Lisca fala sobre treinar o Grêmio: “Só faltou combinar com o Romildo”
Foto: Reprodução

Veja também: Ídolo do Flamengo, Marquinhos se despede do clube: “hora de virar a página”

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra