Dezenove contra um

David Luiz Flamengo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

O Flamengo gigante incomoda cada vez mais .

Maaaasssssss… Quanta treta heeeeeiiiiinnn, Flamengo!!!???

Dia de iniciar o segundo turno. Ah… Claro que tô ignorando a quantidade de jogos realmente jogados até aqui, já que a tabela do Brasileirão 2021 tem mais asterisco que o “título” de Campeão de 87 do rubro-negro genérico lá da Ilha da Fantasia.

E agora, por conta da treta generalizada gerada pela Tensão Pré-Público que invadiu diversos setores da sociedade em geral e do Planeta Bola, parece que ficou oficializado e registrado em cartório, com firma reconhecida, que o bagulho agora é dezenove contra um “mermo”. E isso sem contar nos outros tantos, de outras divisões menos glamourosas do futebol tupiniquim, que também andam doidos pra arrumar um jeito de incomodar o Maior Clube de Futebol do Continente.

MOMENTANEAMENTE, Atlético-MG e Cuiabá não assinaram o documento que tenta impedir o Flamengo x Grêmio com público. O Galo por interesses próprios (também vai poder jogar com público em Minas, se quiser romper a corda), e o Cuiabá sei lá por qual motivo.

Pra encerrar o assunto, antes de tratar do campo-bola para o jogo contra os pigs nesse domingo em São Paulo, essa tal criação de uma Liga sem o Flamengo tem um bom motivo pra dar certo. Se por um lado a ausência do Trem Pagador há de dificultar as finanças da Liga Recalque, por um outro, desportivamente, é uma oportunidade do povo lá iniciar uma competição sem o peso enorme de saber que o Flamengo é o Favorito Inquestionável pra ser campeão da bagaça. Dinheiro é bom, mas não deve ter valor um alívio desse tamanho para a Arcoirizada.

Desfalques, desfalques, desfalques. Bruno Henrique, Filipe Luís, Diego Ribas, Rodrigo Caio, Kenedy (tecnicamente esse ainda não é desfalque), Renê, Piris da Motta, Gabigol e talvez Arão e Léo Pereira… Ufa… Pelo tamanho parece até que é lista de relacionados e não das ausências. Só não há muito a temer, porque tanto problema pra relacionar os jogadores disponíveis nos remete ao Flamengo x Palmeiras lá no ano passado, quando o surto de Covid no elenco nos forçou, como na época a palavra “isonomia” ainda não tinha sido inventada, a mandar para o campo nosso aguerridos moleques do sub-5, que fizeram bonito e arrancaram um empate. Um pontinho importante no que acabou sendo a nossa campanha do Octa.

Ah… Bora lá… Olhando quem sobrou disponível dá pra fazer frente. Ainda mais com o retorno dos nossos muitos jogadores que estavam nas seleções.

Do lado de lá… Do lado de lá… Jorge (nosso ex) ainda não deve ter condições plenas de jogar. Como ainda nem estreou, mesma situação do Kenedy que citei mais acima. Fora isso, o técnico Abel Ferreira terá todos os jogadores à disposição.

Apesar da boa campanha, um incômodo: o Palmeiras perdeu, no primeiro turno, para todos os times do G5. Fora isso, embora todo mundo reclame da falta de tempo para treinar, da última vez que Abel teve a tal da Semana Cheia os resultados foram um empate com o São Paulo e uma derrota para o Fortaleza.

E… Pra fechar a espiada no quintal do vizinho, é sempre bom lembrar que os porquinhos não nos vencem desde novembro de 2017. Quatro vitórias nossas e quatro empates de lá pra cá. Um dos empates contra nosso time fraldinha, um outro na decisão da Super Copa do Brasil que vencemos nos pênaltis…

No campo-bola por enquanto é isso. Enquanto redigia isso aqui, fervilha o fim da novela David Luiz. Flamém. A semana fora das quatro linhas promete ser quente, com o Flamengo vendendo ingressos para o treino de luxo na quarta contra o Grêmio. Prevejo um festival de liminares e reviravoltas daqui até lá. Inclusive o Palmeiras parece ter tomado ares de líder no movimento para impedir a presença da Nação no estádio. Bem… Eles precisam liderar alguma coisa, não é mesmo?

Aaaaaacaaaaaaboooooouuuuu a abstinência. A bola, enfim, vai rolar após um longo inverno de 14 dias. Rodada interessante também por conta do confronto entre Fortaleza e Atlético-MG. Bora embolar esse pelotão da frente.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.

PETISCOS

. A SOMA DE TODOS OS MEDOS. Tomara que esse caminhão de desfalques seja mesmo por motivos clínicos. Explico: sou noiado com isso. Lá no fundo do fundo da minha mente, como em algumas das lesões não foi dito especificamente qual o problema, fica um diabinho martelando e questionando se não é apenas uma maneira sutil do Renato Gaúcho acionar o modo “Foda-se o Brasileirão”, que era explicitamente ligado nos tempos em que comandou o Grêmio.

. CALMARIA. Se do lado de fora dos muros da Gávea e do CT a guerra vai ser árdua, com todo mundo jogando contra pra ver se conseguem parar o Gigante, aparentemente teremos um período eleitoral morno dessa vez (Flamém). Não tem como ninguém peitar o Landim, com esse carregamento de taças chegando todo ano.

. OFERTA E PROCURA. As leis que regem a economia são inquestionáveis. Muita procura por um produto escasso… O preço sobe. Ainda assim, pra quem nasceu em um mundo em que futebol em estádio era diversão voltada para as classes mais baixas na pirâmide econômica, ainda gera estranhamento ver o ingresso mais barato custando 100 pratas.

. NOVO NORMAL. Fora o ingresso e os custos habituais de uma ida ao estádio, o mundo pós-pandêmico ainda vem com a exigência dos testes pré=jogo relativos à Covid. Já vi gente que é até “bem de grana”, concluindo que nesses molde$ todo$ não vai rolar de marcar presença.

MESA DA ARCOIRIZADA

. FOGO DE PALHA. Após nossa última Libertadores, o Vasco decidiu que era legal ser “Campeão de ST”. Vinte meses depois… Perdeu 126 mil associados ao programa. Li no Twitter que o primeiro mês na tentativa de reconquista traz descontos até maiores que o valor da mensalidade.

. RUIM DE PALPITE. O Botafogo fechou patrocínio com um desses zilhões de sites de apostas. Bem… Os caras dessa empresa ganham dinheiro com… Apostas, mas aparentemente não são muito bons na hora de apostar.

. HEGEMONIA. O fluminenCe deve enxergar com bons olhos a potencial chuva de liminares e contra-liminares que se aproxima. O futebol será disputado em um campo com o qual a Nobreza do Laranjal tem muita intimidade.

Cola nas redes, Urubu

mercioquerido@gmail.com
Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra