FlaBasquete e Paulistano começam nesta segunda batalha por vaga na Final.

Paulistano

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Dois dos fundadores do NBB começam a duelar pelas semifinais do NBB 13.

Flamengo e Paulistano estiveram na criação do Campeonato que se tornaria um dos maiores orgulhos esportivos deste país.
O Novo Basquete Brasil mesmo com as dificuldades pelo basquete ter sido abandonado por anos, se reinventou e mesmo estando bem longe do que planejam os idealizadores, já é um grande sucesso.
Flamengo e Paulistano fizeram parte dessa revolução, mas incrivelmente está será apenas a terceira vez que ambos se enfrentam em um playoff de Novo Basquete Brasil.

Somando ao todo serão 10 finais que estarão em quadra com incríveis 7 títulos conquistas.

O Flamengo detém 6 canecos de campeão (2008/2009 2012/2013 2013/2014 2014/2015 2015/2016 2018/2019).
Já o Paulistano conquistou 1 título (2017/2018).

Flamengo x Paulistano. Os confrontos nos playoffs.

Flamengo e Paulistano se enfrentaram pela primeira vez em um playoff no NBB 5. Foi na fase de quartas de final onde o FlaBasquete venceria a melhor de 5, por 3 jogos a 0.
Nesta mesma temporada o Rubro-Negro carioca chegaria a final e conquistaria seu segundo campeonato do Novo Basquete Brasil.
A final foi contra o extinto time de Uberlândia, onde o placar ficou em 77 a 70 no time comandado por Hélio Rubens.

FlaBasquete e Paulistano. NBB 6 A grande final.

No ano seguinte na temporada 2013/2014 (NBB 6), aconteceria até então o confronto mais importante entre as duas equipes. A grande final da competição.
Gustavo de Conti ainda era o treinador do Clube Atlhélico Paulistano. Comandava um time muito jovem, e viveria ali a primeira final do time Paulista.
O FlaBasquete mais uma vez sairia como vencedor do confronto que foi em jogo único, consequentemente sendo campeão daquela temporada.
A partida foi bem equilibrada só decidida no finzinho do último período. O Flamengo fechou por 78 X 73 com 22 X 17 16 X 23 21 X 17 e 19 X 16 nas parciais.

O pivô americano Jerome Meyinse foi o certinha da partida com 16 pontos ele também ficou
com o troféu de MVP daquela final.

Pelo lado do Paulistano o também americano Holloway anotou 15 pontos, a equipe viria enfrentar mais 2 finais.
Uma contra Bauru, onde foi derrotado por 3 jogos a 2 depois de abrir 2 jogos de frente;
E a outra final seria contra o Mogi Basquete onde a jovem equipe do técnico Gustavo de Conti enfim ganharia sua primeira taça. 3 jogos a 1 e título garantido. O MVP daquela final foi o pivô do Paulistano Guilherme Hubner.

A terceira decisão.

Enfim chegamos no Novo Basquete Brasil atual, e pela terceira vez as duas equipes se enfrentam em um playoff. Pela primeira vez em uma semifinal.
A caminhada do Mengão para chegar aqui já falamos algumas vezes, portanto deixarei o link fixado mas sem deixar de lembrar que só no NBB o Flamengo já está invicto a 19 partidas. (Clique aqui).

O Flamengo ainda não sabe o que é derrota em 2021, englobando NBB, Copa Super 8 e Champions League Américas.
Em 28 jogos no ano, são 28 vitórias, sendo absoluto contra qualquer adversário.

Já o Clube Athlético Paulistano em 30 jogos, conquistou 22 vitória e 8 derrotas.

Dessas 8 derrotas, 2 foram para o Flamengo!

Uma no dia 08 de dezembro de 2010, por 104 a 76. Com o argentino Chuzitto Gonzles convertendo 25 pontos;
E outra no dia 25 de fevereiro, por 80 à 74. Com o pivô Rafael Hettsheimer anotando 15 pontos.
Quem lidera a média de pontos por partida é o jogador Thomas com 13.4 pontos por jogo.; Nos rebotes, Maique foi o que liderou na média. Foram 5.9 rebotes por partidas.
Nas assistências, um velho conhecido da torcida do Flamengo liderou o time. Deryk Ramos com 4.1 assistências.
O ala/pivō Erik Thomas terminou com 15.4 em eficiência.

Assim como Flamengo a equipe do Paulistano folgou nas oitavas de finais pois havia se classificado na quarta colocação.
Foram 73,03% de aproveitamento na fase regular.

Como foram as quartas de finais?

Nas quartas de final um duelo que já valeu até disputa de título no NBB. Paulistano X Bauru.
A equipe da capital se saiu melhor e com 2 jogos a 1 carimbou o passaporte para essa fase.
Do outro lado da Chave Minas Storn e São Paulo serão os protagonistas .
A equipe do São Paulo mostrou toda sua hegemonia para cima do Corinthians e continua invicta em cima do rival.

Foram 2 jogos nas semifinais e 2 vitórias.
São Paulo 78 X 71 Corinthians jogo 1
São Paulo 79 X 68 Corinthians jogo 2

Já o Minas encontrou um pouco mais de dificuldade para vencer sua série. Foram necessários
3 jogos para passar pelo SESI Franca. 2 X 1
Minas Storn 91 X 85 SESI Franca

Minas Storn 72 X 82 SESI Franca
Minas Storn 93 X 68 SESI França
Independente de quem passe desta chave, já teremos uma final inédita.

Confiram a baixo dia horário e transmissão de todos os jogos das semifinais do NBB 13.
Dia 10/05 (segunda-feira). Jogo 1.
Minas X São Paulo 18:00
transmissão ESPN / DAZN e twitch
Flamengo x Paulistano 20:45
transmissão ESPN e DAZN
Dia 12/05 (quarta-feira). Jogo 2
São Paulo X Minas 18:00
transmissão ESPN / DAZN e twitch
Paulistano X Flamengo 20:45
transmissão ESPN e Dazn
Dia 15/9 (Sábado). Jogo 3
Flamengo x Paulistano 15:00
transmissão ESPN e DAZN
Minas X São Paulo 18:00
transmissão ESPN/Dazn/Twitch e TV Cultura
Fiquem atentos que estaremos informando cada passo dos times nas semifinais.

Redação Rubro-Negra, o projeto feito por torcedores, para torcedores.

 

Postes Recentes

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra