Nos playoffs, FlaBasquete tentará título histórico com varrida inédita no NBB.

Playoffs NBB Redação Rubro-Negra

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Playoffs finais, jogo 3. O FlaBasquete entra em quadra nesta quinta feira sabendo que terá três jogos para vencer um, e conquistar o campeonato.
Fica difícil acreditar que uma equipe com trinta e três vitórias seguidas venha perder três jogos em sequência.
O bom disso tudo é que as estatísticas só valem para torcedor perturbar a vida dos adversários.

Esses números não entram em quadra por tanto pouco importa para o time comandado por Gustavo de Conti a sequência impressionante que essa equipe tem, o importante será sempre a partida seguinte.

Conhecendo nosso técnico e sabendo do seu temperamento, ele provavelmente exigirá ainda mais concentração e foco dos seus comandados para aí sim poder fazer essas estatísticas virarem uma grata história.

Playoffs: Em treze edições de NBB jamais houve uma varrida completa, nem mesmo quando a final era em partida única.

Os times que se sagraram campeões até aqui, sempre deixaram uma derrota pelo caminho, e o FlaBasquete pode fazer história também por esse lado.
Acompanhe abaixo todas as campanhas dos times campeões nas outras 11 edições.

*Lembrando que o NBB 12 não teve fase final.

O NBB 1, 2008/2009 foi vencido pelo FlaBasquete, na ocasião a equipe comandada pelo técnico Paulo Chupeta fez 3 X 0 nas quartas e também nas semifinais.

Na Final a equipe precisou de 5 jogos para conquistar o título em cima do Lobos Brasília.
Já na edição número 2 em 2009/2010 a equipe de Brasília venceu 9 jogos e perdeu 4 partidas. Duas nas semifinais para o Minas e duas para o Flamengo na final.

O NBB 3 veio com Brasília perdendo 2 jogos nas quartas de finais para o Uberlândia e 1 jogo nas semifinais para o Pinheiros.
Nas finais um 3 X 1 para cima de Franca. Ali o Lobo Brasília fazia 9 X 4 na pós temporada.

Em 2011/2012 no NBB 4 aconteceria pela primeira vez a bizarrice de final única.

O Lobo Brasília conquistava o tricampeonato, mas para isso passou por Bauru nas quartas por 3 X 0 e pelo Pinheiros nas semifinais por 3 X 2, terminando os playoffs com 7 vitórias e 2 derrotas.
No ano seguinte 2012/2013, o FlaBasquete recuperaria o trono vencendo mais uma final em jogo único, mas antes disso varreu o Paulistano nas quartas de finais, e fez um confronto dramático contra o São José anotando 3 X 2 nas semifinais.

Flamengo terminaria a pós temporada do NBB 5 com 7 vitórias e 2 derrotas.

2013/2014 temporada 6, mais uma final em partida única, o Flamengo perderia 1 partida nas quartas de final para Bauru e uma nas semifinais para Mogi. Placar dos playoffs 7 X 2 .

Em todos as temporadas terminadas em partida única, os campeões saíram com 7 vitórias e 2 derrotas.

O NBB 7 voltou com um mini playoff nas finais. Uma melhor de três era melhor que jogo único, e a certeza da evolução gradativa do NBB.

Flamengo mais uma vez campeão, e antes de fazer 2 X 0 contra Bauru naquela final, a equipe suaria para ganhar do São José por 3 X 2 nas quartas e nas semifinais varreria Limeira por 3 X 0. 8 X 2 naquela ocasião.

Um 3 X 0 nas quartas, e um 3 X 2 nas semifinais prepararam o Flamengo para ganhar seu tetracampeonato, o quinto título de NBB conquistado em cima de Bauru por 3 X 2. Placar 9 X 4

A temporada seguinte marcou uma virada histórica na final.

O Bauru depois de dois vice-campeonatos poderia baixar a guarda, mas veio ainda mais sedento para o NBB 9.
Por ter se classificado na quinta colocação precisou jogar as oitavas de finais fazendo 3 X 0 no Macaé.

Nas quartas 3 X 1 em Brasília e 3 X 2 no Pinheiros nas semifinais. Na Final algo inédito, e que precisa ficar de alerta.

O Paulistano, na época treinado pelo técnico Gustavo de Conti abriu 2 a 0 ficando a 1 partida do título.
O Bauru não quis ver mais uma taça escapar e venceu as 3 partidas seguintes em uma virada espetacular e única em uma final até hoje.
Bauru faria naquela temporada 12 a 5 nos playoffs finais.

No NBB 10 o técnico Gustavo de Conti colocaria os garotos do Paulistano mais uma vez nas finais.

Um 3 X 1 nas quartas em cima do Basquete Cearense e uma revanche com direito a 3 X 2 em cima de Bauru nas semifinais levaria a equipe Paulista para mais uma final.
Sem os erros da temporada anterior os garotos fizeram 3 a 1 em cima de Mogi e conquistaram o inédito título. 9 vitórias a 3 nos playoffs.

NBB 11, FlaBasquete 9 x 3

No último NBB com pós temporada o Flamengo fez 3 a 0 nas quartas contra o Corinthians, 3 a 1 nas semifinais contra o Botafogo e uma final memorável contra o Franca terminando em 3 jogos a 2.

Com isso a final desta quinta feira além de trazer o heptacampeonato para o Flamengo, ainda pode fazer a equipe Rubro-Negra ser a primeira a varrer uma série de 5 final, e também uma varrida antológica na pós temporada. 

A partida acontecerá as 18:30 horário de Brasília e terá a transmissão dos canais ESPN, da TV Cultura e da DAZN.

Redação Rubro-Negra, o projeto feito por torcedores, para torcedores. 

 

 

Postes Recentes

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra