Início Ministério Público prende Policiais que faziam parte da milícia no Rio

Ministério Público prende Policiais que faziam parte da milícia no Rio

Ministério Público caça um dos líderes da milíca no Rio chamado PQD

por Pedro Carlos Ferreira
0 comentário
Ministério Público prende Policiais que faziam parte da milicia no Rio
Ministério Público prende Policiais que faziam parte da milicia no Rio

PQD ou Garça é o chefe da milicia procurado pelo MP

 

Rio de Janeiro- Notícias

Ministério Público prendeu na última sexta-feira diversos policiais com envolvimento na milícia no Rio, ligados ao miliciano Anderson da Silva Costa, o PQD ou Garça.
Ao todo foram expedidos 11 mandados de prisão, 9 pessoas foram presas, um Tenente da PM, um Capitão, um Sargento e 6 Policiais Penais, o alvo da operação é o chefe da milícia PQD que está foragido.

Milícia tem homem procurado

Um miliciano que não exerce cargo público está sendo procurado, Mandado de prisão está em aberto.
Um arsenal  na casa de uma delegada foi encontrado, a delegada é casada com um Policial Penal que teve sua prisão efetuada, ele é suspeito de receber o chefe procurado pelo MP PQD ou Garça em sua casa.

Presos a serviço da milícia

Foram cumpridos os mandados de prisão em desfavor dos Policiais Penais: André Guedes Benício Batalha, Alcimar Badaró Jacques,  Ismael de Farias Santo, Wesley José dos Santos e Carlos Eduardo de Souza. Também foram presos os Policiais Militares: Capitão Pedro Augusto Nunes Barbosa e o Tenente Matheus Henrique Dias França e um Sargento ainda não identificado.

A operação para prender PQD ( Garça) começaram em fevereiro  de 2021, cinco celulares foram apreendidos na época e após quebra de sigilos telefônicos, conseguiram identificar os presos envolvidos com a milícia.

Garça ou PQD tem seu paradeiro desconhecido, não se sabe se foi morto ou está sendo protegido pela Milícia

O Ministério Público e a Polícia Civil do Rio de Janeiro ainda não sabem se PQD está vivo, o que se sabe é que o chefe da milícia está desaparecido desde o ano passado,  Garça é aliado da maior quadrilha de milicianos do Rio, chefiada por Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho.

Na casa do Policial Penal Alcimar Badaró Jacques foram encontrados um verdadeiro arsenal; Cinco Pistolas, uma arma longa, facas e farta quantidade de dinheiro.

Braço direito do miliciano Wellington da Silva Braga, o Eko, morto pela Polícia em junho do ano passado, PQD erragava seus aliados, o miliciano tinha um forte esquema de segurança a seu dispor, PQD enviou camisas personalizadas para os Policiais Penais que haviam ingressado na quadrilha.

Na investigação do Ministério Público, PQD tinha enviado uma camisa personalizada para o Policial Penal Edson da Silva Souza no início do ano passado, contra Edson tem um mandado de prisão em aberto.

 

Jornalismo Pedro Carlos Ferreira

Siga-nos nas redes sociais: https://www.facebook.com/redacaorededenoticias/

 

Após 11 anos, Milan volta a levar o título do Campeonato Italiano

Real Madrid prepara oferta milionária por Lucas Paquetá.

 

Belford Roxo vive o caos da sujeira e da falta de limpeza urbana

 

Soledad_Home

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

You may also like

Deixe um Comentário

Site de notícias do Brasil e do Mundo informação.