O incrível caso do maior artilheiro do Brasil, reserva na seleção e apenas 1 jogo no Brasileirão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Gabriel, artilheiro do Brasil
Certicação por Equivalência em 45 dias
Artilheiro Gabriel Barbosa tem mais gols do que jogos no ano, mas marca é ofuscada pelo amadorismo do futebol brasileiro como por exemplo a reserva na equipe de Tite

Existem coisas que parecem só acontecer no universo do futebol penta campeão do mundo e que deflagram o quanto o esporte carece de mudanças fora de campo. Fato esse que fez sua vitima da vez, o artilheiro do temporada 2021 com 18 gols em 18 jogos. Com essa marca, Gabriel Barbosa seria titular absoluto em qualquer seleção do mundo. Menos na Seleção Brasileira, que prefere tê-lo na reserva para as estrelas do futebol europeu. Perde ele, perde a seleção e principalmente perde o Flamengo que até o momento ficou sem o craque em 8 rodadas a serviço de Tite. É incrível mas o maior artilheiro do Brasil no momento só tem apenas 1 jogo no brasileirão, consequência negativa herdada da camisa verde e amarela nesse ano.

Gabriel, artilheiro do Brasil ao final do jogo contra o Bahia que marcou 3 gols
Gabriel, artilheiro do Brasil ao final do jogo contra o Bahia que marcou 3 gols. Fonte: MengoNews.

Os números que consagram o atual artilheiro do ano

Eleito o craque da galera do último campeonato brasileiro, o artilheiro continua sendo incrível como na temporada anterior. Gabi começou 2021 marcando praticamente a mesma quantidade gols na de jogos disputados. Pelo Campeonato Carioca foi tri campeão e vice artilheiro da competição com 8 gols em 8 jogos, 1 gol em partida única da decisão da Supercopa do Brasil além de 6 gols em 8 jogos da Copa Libertadores. Já pela edição atual do Brasileirão que começou em 29 de maio, Gabriel atuou pela 1ª vez na competição só na 12ª rodada. E mandou logo um hat trick.

Gabi comemorando um de seus 3 gols contra o Bahia
Gabi comemorando um de seus 3 gols contra o Bahia. Fonte: globopesporte.com

Números expressivos mas pouco aproveitados pelo comando da Seleção pelo artilheiro

Na temporada 2021 atuando pela Seleção Brasileira, o artilheiro do Flamengo e do futebol brasileiro foi convocado nas 2 últimas rodadas disputadas das eliminatórias para a Copa do Mundo América, sem gols marcados e 1 jogo como titular. Foi convocado também para a Copa América. Dos 7 jogos realizados pela Seleção na competição, Gabriel disputou 5, sendo titular em apenas 1 ocasião e marcando 1 gol. No total de partidas oficiais nesse ano com a camisa verde e amarela, foram 7 jogos, 2 como titular e apenas 1 gol marcado.

Gabriel em ação pela Seleção Brasileira
Gabriel em ação pela Seleção Brasileira. Fonte: Globoesporte.com

O Campeonato mais importante do país contando pouco com o maior artilheiro do país

Há 2 semanas, os clubes se reuniram por propostas sobre a gestão de uma liga nacional de futebol. Em quase 2 meses de Brasileirão, o torcedor assíduo em ver gols, só teve o desfrute de ver jogar o maior artilheiro do país a partir da 12ª rodada do torneio, quase 2 meses após o início da competição e ainda dando um baile com 3 gols marcados na partida. A Seleção Brasileira, responsável pela baixa do craque, ao invés de explorar seu potencial, preferiu dar protagonismo a jogadores que estão de férias nos seus países de profissão. Além do aspecto técnico, seria bem complicado justificar a ausência do maior artilheiro da liga ou seus principais jogadores para cada compromisso com a sua seleção, o que fatalmente traria problemas com patrocinadores e mal estar com o público estrangeiro. O buraco deixado com a ausência de Gabriel nesse tempo todo de campeonato, só demonstra a enorme necessidade de mudanças profundas no futebol brasileiro.

Jogadores e comissão técnica celebrando mais um gol de Gabi
Jogadores e comissão técnica celebrando mais um gol de Gabi. Fonte: Coluna do Fla.

Veja também:

Flamengo goleia Defensa Y Justicia e se classifica para as quartas de finais da Libertadores

497 dias longe das arquibancadas, a Nação está de volta ao estádio para um jogo do Mengão

VEJA TAMBÉM

Flamengo já tem anúncio da venda do atacante Michael preparado

Flamengo já tem anúncio da venda do atacante Michael preparado

Michael revelou para o departamento médico do Flamengo que estava passando por umas das maiores barreiras que o ser humano pode passar no fator psicológico, Depressivo e infeliz, Michael tinha perdidoa vontade de fazer o que mais gosta; Jogar futebol.
O craque procurou apoio psicológico e superou, em 2021 foi o primeiro jogador do futebol profissional a voltar antes das férias e disputou o início do Campeonato Carioca entre os Garotos do Ninho.
Logo se via o Michael dedicado e treinando nas férias e dizendo: – O menino Maluquinho vai voltar voando.
Michael fez sua redenção na sua melhor temporada com a camisa do Flamengo, marcava gols decisivos, era a alegria que a torcida rubro negra estava sentindo falta desde a saída do técnico Jorge Jesus.
Apelidado de Menino Maluquinho pelo narrador esportivo José Carlos Araújo- o Verdadeiro Garotinho, Michael virou xodó da torcida do Flamengo, mesmo na reserva, ele não se incomodava e dizia que estaria sempre a disposição da comissão técnica para ajudar a equipe, passou ser o décimo segundo jogador em campo, e fazia os adversários ficarem sem noção com suas jogadas acrobáticas.

2022, que comece a chatice!!!

Vai começar o Buraco Negro dos esportes Eta porra… E isso lá é jeito de tratar o Campeonato Mais Charmoso do Brasil? 🤣🤣🤣🤣 Pior que

Fica Andreas X Fora Andreas

Há coerências e incoerências de ambos os lados Faltando uma semana pra bola rolar… E é hora de deixar de lado o chinelinho. 😭😭😭 O

Deixe um comentário

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra