Início O Michael da superação as críticas ao protagonismo no Flamengo

O Michael da superação as críticas ao protagonismo no Flamengo

por Leonardo Monteiro
0 comentário
Michael-Redacao-Rubro-Negra
Atacante atuou em todos os jogos da era Renato, participando de quase 20% dos gols marcados do time

Muito qualificado, o elenco do Flamengo tem pela torcida elogios rasgados aos craques do time, mas também há vários nomes que são alvo constante de duras críticas até em tom de perseguição antes mesmo de cada um atuar (torcedor é tudo igual nesse aspecto). Jogadores como Gustavo Henrique, Léo Pereira, Bruno Viana, Renê, Vitinho convivem com isso a cada jogo. Mas provavelmente nenhum deles sente tanto na pele o calor dessas críticas, raiva e cobranças do que Michael. O Flamengo vive sua fase mais crítica em campo atualmente na temporada e gostando ou não dele, o camisa 19 é definitivamente o maior protagonista atual do elenco.

Michael em close de comemoração no gol da vitória contra o Atletico-MG
Michael em close na comemoração do gol na vitória contra o Atletico-MG. Fonte: Antenados no Futebol

Os números que celebram a grande fase de Michael

Michael é o único jogador do elenco que atuou em todas as partidas sob o comando de Renato Gaúcho. Neste período, são nove gols e duas assistências em 29 jogos. Com Renato como treinador, Michael participou de 16,7% dos gols do Flamengo. Ele é o quinto melhor jogador do Flamengo neste quesito em 2021, atrás de Gabi, Bruno Henrique, Vitinho e Arrascaeta. Números que o fazem ainda mais a se destacar considerando que o “Robozinho” não é titular absoluto, em muitas oportunidades ele se destaca entrando no decorrer das partidas.

Os números de Michael com Renato Gaúcho:

Jogos29(1º no elenco)
Gols9 (14 na temporada)(3º no elenco)
Assistências3(6º no elenco)
Participação em gols16,7%(5º no elenco)
Minutos jogados1670(7º no elenco)
Os números de Michael na atual temporada. Fonte: Espião Tático – Globo Esporte

Michael apresenta ainda mais bons números no Brasileirão

Considerando apenas no Campeonato Brasileiro, Michael tem abraçado mais do que nunca o protagonismo do elenco com estatísticas que não deixam a menor dúvida da sua excelente fase. Com o gol da vitória sobre o Atlético-MG, o camisa 19 ultrapassou Gabi na artilharia pelo Flamengo na competição. Com 7 gols marcados no torneio, ele empatou com Pedro, ficando só atrás de Bruno Henrique com 9 gols, é ainda com 10 participações diretas a gol, o 3º melhor do time e além de 3º melhor do time também em passes decisivos (26) e chutes certos (18). Além disso, o atacante é o líder do Campeonato em dribles com 57. Números de um atleta com credenciais a titularidade de qualquer time.

Michael em ação pelo Flamengo
Michael em ação pelo Flamengo. Fonte: Diário do Fla

A resiliência de Michael que ganhou a credibilidade do treinador

Mesmo com todos esses números de superação e eficiência, Michael ainda tem a resistência de boa parte da torcida, o que não o torna uma unanimidade, tão pouco o respeito que a torcida tem pelos craques do time. Um jogador que acabou ficando marcado por ela pelo início bem ruim no clube mas que seguiu trabalhando sério e tendo apoio constante dos jogadores e comissão técnica para que não desanimasse ou desistisse, tal esforço o levou para a ótima fase atual. Outro aliado do atacante foram as constantes convocações e lesões dos titulares que abriu espaço para o camisa 19 aparecer mais. Bom para o Flamengo, ruim para os adversários e para todos que ainda o desdenham.

Michael posando com o troféu de campeão brasileiro de 2020
Michael posando com o troféu de campeão brasileiro de 2020. Fonte: Fla Resenha

Veja também:

Flamengo tem jogadores que saíram do inferno ao céu

Vai bombar! Novembro é tudo ou nada!

You may also like

Deixe um Comentário

Site de notícias do Brasil e do Mundo informação.