Tique-taque! O relógio do título não pára!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Pedro comemorando o Gol contra o Juventude no Maracanã
Certicação por Equivalência em 45 dias

“O tempo pode ser medido com as batidas de um relógio ou pode ser medido com as batidas do coração”. Rubem Alves

Estamos às portas de um novo tempo, mas para o novo tempo chegar é preciso um sprint final que nos coloque na linha de chegada, não no Pódium. O título tem que ser o objetivo!

Olá, coleguinhas de Redação. Hoje falamos da reta final do ano. Tempo em que muitos times já estão deflagrando férias. Não há muita coisa para ganhar no ano (para eles), mas nós estamos à caça de muitos objetivos ainda.

Flamengo x Palmeiras Redação Rubro-Negra título
Dia 27 de Novembro será a grande final da Libertadores da América // Imagem arte: Ivan Arts br

Comecemos falando sobre que objetivos são esses. Em primeiro lugar estamos na final da copa Libertadores da América. Competição esta que só ganhamos duas vezes na história. Na primeira tínhamos um time excepcional com um ET no elenco. Nada menos do que Zico! Na segunda o nosso elenco era fantástico comandado por Jorge Jesus. Os dois entraram para a história. E história, meus leitores, é a ciência do passado. Devemos escrevê-la o tempo todo para que a história se lembre de nós.

A final com o Palmeiras é um capricho que colocou os times de maior organização do Brasil frente a frente. A fase atual do time parece mais com um aprimoramento de um sistema que permita ao time paulista fazer frente com o rubro-negro. Não se enganem! O Palmeiras já acorda pensando no Flamengo. Outro dia seu treinador encontrou jornalistas espiões(?) do Flamengo e citou nominalmente o mais querido ao responder a pergunta. Será uma final histórica!

Em outra mão temos a copa do Brasil em que estamos na semifinal. Neste campeonato, que renderá muito, temos a possibilidade de disputar uma final com o Atlético MG, o que historicamente por si só já seria algo interessante para nós. Ainda assim é importante ter claro que hoje estamos numa semifinal, assim como eles. Athletico e Fortaleza podem muito bem aprontar para cima dos dois times e jogar água no chopp da sonhada final. Inclusive, minha torcida, é para que eles façam final conosco e tenham que dividir atenções entre campeonatos. Só o rubro negro dividindo atenções tem facilitado a vida dos adversários…

O último campeonato é o principal. O brasileiro. Estamos em segundo lugar, 11 abaixo do líder. Lembra da história? Então, hoje já é história que o Flamengo patinou quando o Atlético patinou. Temos vacilado justamente na hora de se aproximar. Não que seja muito improvável de ultrapassá-los, temos, apenas, que fazer a nossa parte. O resto decerto que o adversário fará sozinho. Não podemos é desistir simplesmente. Mais que ser eneacampeões, nós podemos ser tri direto. Ninguém mais pode!

O relógio não pára e o tempo não está nas mãos de ninguém. Faltam 11 rodadas, para nós são 13 jogos que nos separam do título. Seguimos fortes e vamos em busca do caneco. Vai pra cima deles, Mengo!

Anderson Alves, O otimista.

VEJA TAMBÉM

As 2 equipes ainda disputaram duas finais de copa super 8 entre elas, com cada uma levando um título. Agora no NBB 14 os dois clubes se fazem protagonistas e farão neste sábado um duelo que promete ser espetacular. A equipe do SESI Franca vem passando por cima dos adversários e confirmando o grande favoritismo de uma equipe repleta de estrelas formada pra ser campeã. Já o Flamengo depois de perder grandes nomes desde a última conquista, montou um elenco de respeito buscando não só banhar Novo Basquete Brasil mas também o mundo.

Tá de boa, Canarinho Belga

Flamengo para em erro individual e já é 2022 na Gávea É… Deu ruim. Não que eu esteja em condições etílicas adequadas pra escrever isso

FlaBasquete NBB Rio Claro

Liberta, DJ

Flamengo e Palmeiras se enfrentam em busca da Glória Eterna 🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶 Aeeeeeeee… Chegou o Grande Dia. E o BoTTeco está de portas com o Prezão

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra