Início Obrigado, Manoel

Obrigado, Manoel

por Leonardo Monteiro
0 comentário

Time procrastina, mas gol do Altos dispara o Modo Isso Aqui é Flamengo também em campo no Piauí

Sábio é o futebol. Sábios são os seus deuses. Estes não deixaram que a bola e os sei lá, 30 jogadores que atuaram na pelada de domingo à tarde ofuscassem a principal atração do final de semana no Planeta Bola: A Bela Festa da Nação no Piauí.

Os editores da imprensa formal deviam abrir uma exceção. Em todos os tradicionais vídeos de melhores momentos da partida, pelo menos a metade do tempo da coletânea deveria ser com as imagens do povo pelas ruas, feliz em poder exercer de perto seu Flamenguismo Apaixonado.

No campo-bola, com time alternativo de cá e até onde sei de lá também(não tenho acompanhado o Altos nos últimos tempos, mas foi o que me disseram), foi um primeiro tempo mais que previsível. 11-0-0 bem arretado por parte dos piauienses, Flamengo tocando a bola de um lado pro outro tentando furar a retranca, e com pudores de ser grosseiro e chutar tudo de longe mesmo.

O jogo tava tão peladão de domingo que até a transmissão não tinha cara de transmissão (e isso é um elogio). Leifert, Casimiro e a bonitona lá que eu esqueci o nome e não tô com tempo pra googlear agora, pareciam estar em uma mesa de bar com a gente, comendo uns petiscos, tomando umas e tecendo comentários muitas vezes aleatórios sobre a partida.

Ó… O Paulo Sousa na coletiva falou que não é nada disso que vou falar agora, mas vou pedir licença ao Mister pra proferir minha opinião: essa vitória só saiu mesmo por causa do Manoel.

Foi só o cara estufar as redes no belo gol de bicicleta, com o glamour de ter recebido assistência do Bruno Henrique, que o Flamengo, liderado pelo próprio BH, pareceu perder a paciência. Um jogador olhou pro outro e mandou: “Isso aqui é Flamengo!!! Exigimos um pouco mais de respeito!!!”, até mesmo porque a Nação Piauí fez uma semana inteira de “Isso aqui é Flamengo!!!” pelas ruas, e não pegava nem bem a deselegância de sair de lá sem a vitória.

E foi assim que o time do Altos nem tinha comemorado direito, e o Bruno Henrique já tinha limpado a própria barra, fazendo bela jogada e servindo o Pedro, que estufou as redes, e na saída do campo estufou também a cara de todo mundo que anda querendo gerenciar a carreira dele. Um na-minha-vida-quem-manda-sou-eu com todas as letras e o devido pingo no i.

Logo depois, após lance confuso, João Gomes concretizou a virada e botou na mala do Nosso Flamengo uma pequena, mas suficiente vantagem para o jogo da volta. Ainda bem que é pequena. Fosse maior não teria espaço na bagagem, abarrotada até quase não poder mais de tanto Amor demonstrado pela Nação Piauiense.

Temos um impasse. O desempenho, quando a gente lembra que foi contra um humilde time da Série C e que nem vai bem na Terceirona, não foi bom. Daí a gente lembra que o time estava Mega Mexido. Daí voltamos com o pensamento e lembramos que Mega Mexido TALVEZ seja a norma. E daí como faz? 🤣🤣🤣 Para os mais antigos vai até lembrar a propaganda/questão filosófica do biscoito Tostines.

Tô botando fé nesse TALVEZ aí. Como dito dias atrás, essa é mais uma Semana Cheia e com jogos-treino, posto que Universidad, Altos e Talleres não inspiram muitos cuidados. ACHO que no quesito Mega Mexida, o Paulo Sousa deve ter percebido no jogo contra o Aflético que isso precisa ser tocado de maneira mais moderada. Vamos observar a sequência, lembrando que o de quarta não conta. Mais uma molezinha.

No mais, como já exposto, Valeu Muito pela festa. Dia Inesquecível pros Off Rio que mantém essa Paixão acesa mesmo com tanta distância. Arrisco dizer que isso deveria ter um efeito psicológico para La Intensidad dos jogadores maior que aqueles tapinhas na lataria dos carros que rolaram no CT. Deviam passar isso na preleção antes de cada jogo até o fim da temporada.

Bora carimbar nosso passaporte para as oitavas da Libertadores na quarta.

Vencer, Vencer, Vencer.

ISSO AQUI É FLAMENGO!!!

Meu Twitter. Cola lá.

You may also like

Deixe um Comentário

Site de notícias do Brasil e do Mundo informação.