Pela Liga de Desenvolvimento FlaBasquete tem desclassificação precoce.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Liga de Desenvolvimento FlaBasquete - Redação Rubro-Negra
Certicação por Equivalência em 45 dias

O FlaBasquete entrou pressionado para esta segunda janela da Liga De Desenvolvimento sabendo que teria que ser perfeito para conseguir uma classificação.
Depois de terminar os 5 primeiros jogos com 3 derrotas e apresentações bem abaixo do que se esperava do time, estar fora da zona de classificação ligou o alerta para se entrar concentrado e buscar mudança de postura para que pudesse começar a dar certo.
Se os 5 primeiros jogos foram na cidade de São Paulo no ginásio do Pinheiros, os jogos restantes seriam dentro de casa na Gávea, ginásio onde os Crias estão acostumados a treinar.

Liga de Desenvolvimento. FlaBasquete e a primeira final contra o BRB/Brasília (90 x 50)


A partida começou bastante equilibrada com trocação de pontos e a impressão que o jogo seria bem complicado.
Com jogadores inspirados nos rebotes, os Crias da Gávea saíram do primeiro quarto com uma leve vantagem 18 X 17, e a certeza que toda atenção seria necessária para o restante da partida.
O segundo período não foi diferente, porém Ruan começou a se destacar. Foram dez pontos em dez tentativas e ainda 6 rebotes. 25 X 20 preparando um segundo tempo que seria um massacre Rubro-Negro.
No terceiro período foi a vez de Maciel colocar a bola debaixo dos braços e resolver. Foram treze pontos do garoto enquanto Matheusinho não ficou muito atrás fazendo oito em dez tentados.
Brasília tentava se segurar, mas a soma de pontos de seus jogadores no período, conseguiu ficar abaixo do total de pontos do Maciel 29 X 10 na parcial e uma vantagem respeitável para o último período.
O quarto quarto foi surpreendente com um Flamengo que se negava deixar o adversário pontuar. Foram apenas dezoito pontos da garotada Rubro-Negra enquanto Brasília fez apenas três.
Final da partida FlaBasquete 90 X 50 BRB/Brasília, com destaques para Maciel cestinha da partida com 23 pontos, Ruan alcançando um duplo duplo (20 pontos e 15 rebotes) e Matheusinho com 20 pontos e 5 assistências.
O Flamengo terminou com 21 assistências enquanto Brasília apenas 6.

Liga de Desenvolvimento. FlaBasquete X Praia Clube/Uberlândia (68 x 44)


Em jogo praticamente decidido no primeiro quarto, o Crias fizeram partida segura conquistando mais uma vitória nesta segunda etapa.
A partida começou com um Flamengo agressivo tanto no ataque quanto na defesa. Ruan e Lucas ditaram o ritmo do período cada um com seis pontos, mas foi Matheusinho que desequilibrou com período quase perfeito.
O garoto fez cinco pontos, pegou quatro rebotes e ainda distribuiu 4 assistências ajudando a
equipe fazer 24 X 10.

No segundo quarto quem se destacou foi Rafael Rachel. Foram 5 pontos porém incríveis 9 rebotes. O Flamengo terminou com 14 X 8 neste período.
O segundo tempo foi para ser administrado e o Flamengo fez com perfeição. 18 X 17 no terceiro período e 12 X 09 no quarto. 68 X 48 no final da partida com destaques para Lucas com 20 pontos e Rafael Rachel com um duplo duplo, 13 pontos e 16 rebotes.
Pelo praia Emiliano foi o pontuador com 10 acertos.


Liga de Desenvolvimento. Flamengo x Unifacisa (83 x 38)


O terceiro jogo desta etapa seria contra uma galera que conhece muito bem o ginásio Hélio Maurício.
A Unifacisa como já sabemos joga esta Liga de Desenvolvimento com uma espécie de Sub 19 do Flamengo. Experiência de ouro para uma base que vem podendo enfrentar garotos um pouco mais maturados e com bem mais bagagem do que eles.
Com muito respeito ao adversário o Flamengo colocou no jogo toda serenidade de uma equipe necessitada da vitória.
Apesar da partida teoricamente apresentar um cenário mais tranquilo, os Crias da Gávea do lado Rubro-Negro foram letais do início ao fim da partida.
Atuações equilibradas e bem distribuídas proporcionando que todos os jogadores inscritos para este jogo pontuassem.
Matheusinho com 12 pontos foi o cestinha da partida seguido por Rafael Rachel com 10 pontos e ainda 10 rebotes.

Flamengo x Minas, uma final dentro da fase de classificação. (72 x 77)

Flamengo e Minas entraram para este jogo com o carimbo de final estampado em suas camisas. Quem perdesse estaria fora de forma precoce da Liga de Desenvolvimento.

O melhor basquete de ambas equipes teria que aparecer juntamente com o sangue frio para montar a estratégia.

A partida foi uma verdadeira montanha russa mostrando o quanto a inexperiência da idade ainda pesa em momentos decisivos.

11 x 15 / 19 x 11 / 09 x 30 / 25 x 08 / 08 x 13

O grande destaque do jogo foi Gui Santos da equipe do Minas com espetaculares 34 pontos. O garoto ainda pegou 9 rebotes e distribuiu 5 assistências.

Ele simplesmente destruiu com o jogo uma vez que o segundo maior pontuador do Minas foi Augusto com 10 pontos.

Pelo Flamengo opções bem mais distribuídas com Matheusinho alcançando quase um duplo-duplo, 20 pontos, 09 rebotes, 05 assistências.

Matheus marcou 16 pontos, Rafael Rachel um duplo-duplo com 13 pontos e 12 rebotes, Ruan também com duplo-duplo 12 pontos e 11 rebotes e Lucas com 8 pontos.

A de destacar que apesar de um jogo com bastante oscilação, no momento que o FlaBasquete resolveu jogar de forma coletiva, foi quando a equipe alcançou um maior destaque.

A derrota veio, e que fique como aprendizado que por mais que talentos individuais são importantíssimos para um time, ele só é potencializado quando utilizado para o grupo.

FlaBasquete x Basquete Cearense, jogo para cumprir tabela. (100 x 24)

Entrar em uma partida onde as duas equipes já estavam desclassificadas poderia abaixar a guarda para os garotos do Flamengo, porém fizeram um jogo extremamente correto respeitando o adversário, a competição e principalmente o Flamengo.

A partida foi um verdadeiro massacre Rubro-Negro que jogou com uma intensidade como se estivesse ainda disputando uma vaga na fase seguinte.

31 x 02 / 27 x 00 / 15 x 14 / 28 x 07

Maciel que não havia ido nada bem no jogo contra o Minas, foi o maior destaque contra a equipe do Ceara. Foram 28 pontos, e 20 rebotes. Rafael Rachel também alcançou um duplo-duplo com 22 jogos e 11 rebotes.

Agora é focar nas próximas competições e principalmente na equipe profissional onde alguns destes garotos terão a oportunidade de se juntarem ao elenco principal.

Leia também em nosso site. “Brandon Robinson, novo jogador do FlaBasquete já se encontra em terras cariocas” e “Como foi o mês de setembro Rubro-Negro“.

Redação Rubro-Negra, o projeto feito de torcedores, para torcedores.

VEJA TAMBÉM

Pedro - Flamengo x Athletico-PR

Pra quebrar o novo acordo

Flamengo encara o fluminenCe, que tem dado sorte em Clássicos não decisivos contra o rubro-negro Tempos atrás o acordo não escrito era com o Vasco.

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra