Início Policiais Militares do Estado tem sua alimentação fora dos padrões nutricionais

Policiais Militares do Estado tem sua alimentação fora dos padrões nutricionais

Os Policiais Militares do estado tem passado bocados em sua alimentação, muitas reclamações pela falta de cumprir o básico na nutrição de nossos praças heróis

por Pedro Carlos Ferreira
0 comentário
Policiais Militares do Estado tem sua alimentação fora dos padrões nutricionais
Policiais Militares do Estado tem sua alimentação fora dos padrões nutricionais

Policiais tem comida racionada

 

Rio de Janeiro- Notícias- PMERJ

Policiais Militares do Estado do Rio pedem socorro ao governador para exonerar Tenente Coronel que impôs regras fora dos padrões de alimentação nutricional

Os Policiais do Rio de Janeiro no HCPM (Hospital Central da PM) na qualidade de praças estão com sua alimentação racionada, o café da manhã estão servindo batata doce e café, enquanto no cassino dos oficiais pão, queijo de diversas qualidades e até iogurte, os Praças ( qualificação dada para patentes entre soldados e sargentos) estão tendo que comer  sem feijão nos refeitórios enquanto o feijão rola solto para os oficiais.

O Sindicato dos Policiais Militares vão até o governador Cláudio Castro para pedir a exoneração da Tenente Coronel Cristina que ordenou que fosse servido para os soldados e sargentos apenas um pedaço de carne, enquanto oficiais se alimentam com Selfie Service  de proteínas.

Redacao Rede Noticias

HCPM sucunbindo

Policiais alegam que o Boletim 105 é bem claro

Os Policiais Militares alegam que o Boletim Interno é bem claro, “toda refeição fornecida baseado no peso” ( GRAMAS) por pessoa; sua proporção de proteínas devem ser servidas 150 gramas de carne ou 300 gramas de frango por refeição.

Na ultima terça-feira, os Policiais no HCPM comeram sem feijão, alega um Militar:
-Estamos sem tomar café por mais de 1 mês, enquanto a mesa dos oficiais permanecem queijos, presuntos, pães, iogurtes, leite, frutas, bolos etc.

Os Policiais Militares alegam que estão sendo tratados como bichos segundo consta em um grupo de rede social interno, os Policiais ainda reiteram que  tiveram suas férias canceladas devido a pandemia.

Vale ressaltar que os Policiais Militares não tem direito a grave e em certos casos respondem disciplinarmente caso sejam identificados, o que é mais uma covardia com nossos Heróis.

Nossa redação tentou contato Com o Hospital Central da PM, mas não houve êxito.

Jornalismo Pedro Carlos Ferreira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

You may also like

Deixe um Comentário

Site de notícias do Brasil e do Mundo informação.