Início Dia de Decisão

Flamengo entra em campo para a etapa 3/3 do seu autocampeonato

Nããããããããããooo… Juro que não vim aqui bater na tecla-chavão do todo-jogo-é-decisivo-em-pontos-corridos. Ainda que, como quase todos os chavões, isso lá bem seja verdade.

Lá após o jogo contra o Atlético-GO (já tô até admitindo que ele existiu), me bateu mó desespero. Time andando em campo e uma fofocada da porra nos bastidores, algumas possivelmente reais, outras criadas pelo Nosso Mundinho Black Mirror Caça Clicks. Daí veio o fut contra o Americano de Córdoba pela Libertadores e eu pensei: “Opa… Parece que temos um jogo outra vez”.

Dali eu decretei, pelos poderes concedidos a mim mesmo enquanto não entendedor de bulhufas sobre futebol: “Quando há La Intensidad, há esperança”. E então… Veja só… Incorporei, sem nem me dar conta, Teorias Luxemburguianas ao meu pensar.

Pofexô é adepto dessa metodologia de “fatiar” o campeonato em “porções” de um punhado de rodadas. Metas a serem cumpridas no curto prazo, no melhor estilo empresarial-administrativo.

Luxemburguiando, planejei também que, até mais que em pontos, a sequência São Paulo/Palmeiras/Aflético seria fundamental pro Flamengo mostrar pra gente, e mais ainda pra si mesmo, que tem sim condições de brigar lá em riba nas competições durante o resto da temporada.

Eis que contra o São Paulo e contra o Palmeiras a missão foi concluída com sucesso: JOGAMOS BOLA. Sem um Espetáculo Magistral que parte da torcida ainda tem esperanças de que ocorra, mas com um futebol competitivo contra duas equipes de verdade, pra torcida FLA-MAS não ficar lembrando de 5 em 5 segundos que o time do Talleres não conta. Isso como se três dias antes não tivesse rolado aquela pelada deprimente contra o poderoso rubro-negro genérico de Goiânia.

Posto tudo isso, chegou a hora da etapa 3/3 da Copa Luxemburgo de Autoafirmação. Jogo fora contra o Aflético, que em tempos idos porém recentes, gerava certo transtorno só de pensar na Arena da Baixada. Passou. Flamém.

A escalação sabe-se lá (BH já é uma certeza… Do lado de fora). Ainda que, apesar da implicância, os Rodízios Paulosouzianos começam a ter um certo padrão fora do padrão. 11 Iniciais não tem, mas também já não tá tão difícil assim de detectar pelo menos uns, na pior das hipóteses, 6 ou 7 base. A única questão AINDA polêmica, é saber se vai ter Revezamento Não Aconselhável de Goleiros. Mas se ele escolheu o Hugo… Que assim seja. A bem da verdade o Santos subiu agora no bonde e eu nem sei se ele é melhor que o garoto, posto que não sou de ficar assistindo jogo de times genéricos.

E por falar no Aflético…

Do lado de lá… Do lado de lá… O Aflético foi o encarregado de abrir a porteira das demissões de treinadores, ceifando o Valentim após ser atropelado na estreia pelo São Paulo. Deu “sertu”. Na rodada 2, apesar de toda nossa torcida pelo Furacão da Massa 🤣🤣, perdeu em casa para o Atlético-MG, resultado esse que deixou o Aflético com a lanterna do campeonato na mão.

Carille foi de Reservas + Hugo Moura na vitória por 5 x 2 sobre o Tocantinópolis pela Copa do Brasil no meio de semana, já que o jogador emprestado não ia poder mesmo enfrentar o Nosso Flamengo por motivos contratuais e de responsabilidade civil e moral. Fora o Hugo, o GOLEIRO CONSIDERADO TITULAR atuou também. #FicaaDica, Paulo Sousa. A poupada geral foi porque, fora essa Pedreira contra o Flamengo, o Aflético joga contra o Libertad-PAR pela Libertadores na próxima terça.

Pra quem tá brigando pelo título, essa bagaça de fora/em casa tem CERTA relatividade. Não pode, por exemplo, perder pro Cuiabá no Maracanã. Tem que arrebanhar os 6 pontos nesse confronto lá e cá… E também aqui e aqui contra você-sabe-quem, é bom que seja dito🌹🌺🌹🤣🤣🤣. Esse empate com os Porquinhos… Bem… Jogando assim como vem jogando, dá pra vencer no returno lá no Allianz, posto que isso não vem sendo exatamente lá um grande desafio nos últimos anos, e até nosso sub-7 foi lá e arrancou um honroso empate.

Tô confiante para essa decisão com “d” minúsculo, isso porque, aparentemente, a Decisão com D Maiusculo e em Néon com Letras Garrafais já foi tomada. O Flamengo tá on. Nunca saberemos, mas arrisco dizer que o povo (jogadores, comissão técnica, diretoria) fez o que tinha de ser feito: foi à mesa, conversou, reconversou, ponderou, e acertou o rumo. Sem histeria, sem demissões, com muito disse-me-disse sincero e às claras, pra botar Nosso Flamengo na rota das vitórias, Interesse Maior de todos os envolvidos. Incluindo é claro nós, que não temos poder de decisão e só podemos…

Bora torcer.

Vencer, Vencer, Vencer.

ISSO AQUI É FLAMENGO!!!

MESA DA ARCOIRIZADA

. FURACÃO DO BEM. O Aflético, fora os cinco gols em campo, marcou um golaço nas redes sociais no meio de semana. Postou imagem de uma ambulante que estava trabalhando do lado de fora do estádio, FLAMENGO DE CORAÇÃO. Na foto constava o Pix da mesma. Até a tarde de sexta mais de 23 mil já tinham sido pixados em prol da Dona Iane Maria. 🌪️🌪️🌪️

. A CONTA DO CHÁ. Nem sei quantos nós temos, mas só no DM deve ter uns 33 🤣🤣🤣. No Palmeiras de Abel Ferreira, por escolha da própria comissão técnica, só há 24 jogadores à disposição no elenco profissional. Do alto do meu profundo desconhecimento, parece pouco pra tanto calendário. 🐖🐖🐖

. REGULARIDADE. Não chega a ser um Vasco, que está faz uns 5 anos sem vencer na Segundona, mas o Atlético-MG está há quase 11 meses invicto jogando em Belo Horizonte. Já são 39 jogos, com um aproveitamento de 93,10% e 357 pênaltis marcados a favor. Vou aqui na OLX comprar mais uns secadores e já volto. 🐔🐔🐔

. AEROVICE. Antes do embarque para Chapecó, onde joga/jogou na noite de sexta, a delegação do Vasco foi cercada no aeroporto por integrantes de uma Torcida Organizada. Esporro em geral: Zé Ricardo, Carlos Brazil (Gerente de Futebol), e até mesmo no Nenê, que deu faniquito ao ser substituído na última partida. Clima bom em São Januário. 🚣🚣🚣

. SISTEMAS IMPORTAM, NOMES NEM TANTO. Para os padrões diminutos de lá, excelente começo de trabalho do Luís Castro no John Textor de Futebol e Regatas. Nem falo de resultados, mas sim de posicionamento da equipe em campo. Houve coerência no sistema de jogo, mesmo após alternâncias na escalação inicial ou nas substituições durante as partidas. E o material humano por lá nem é tão bom como o nosso. Fica a dica para os Tarados Pelo 11 Base. 😭😭😭

. RESULTADO X DESEMPENHO. Sobre aquilo que falei lá em riba sobre nosso Minicampeonato de Autoafirmação de Três Rodadas Luxemburguiano: o fluminenCe arrancou duas vitórias nos últimos dois jogos com péssimas atuações. Menos pior… Mas não é algo que vai se sustentar a médio e longo prazo. 🌹🌺🌹

Meu Twitter. Cola lá.

You may also like

Deixe um Comentário

Site de notícias do Brasil e do Mundo informação.