Quando chegar lá em casa a gente conversa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Gustavo De Conti
Certicação por Equivalência em 45 dias

Flamengo arranca empate no último minuto, e tem a vantagem da torcida na próxima semana

Ufa… Ufa… Ufa…

Foi esquisitinho esse jogo aí heeeeinnnn!!! Eh, eh…

Foi mais uma atuação bem marromenos do Nosso Flamengo. Ainda que tenha jogado melhor do que contra o Cuiabá… E enfrentando um adversário melhor, em um jogo de maior importância.

Não teve assim, assim, muita novidade, né? Vejamos.

Diego Alves foi pouco exigido, teve competência quando agiu… E viu a bola estufar as redes em lances em que não agiu. Não saiu, não pulou, não enfiou o dedo nos olhos do adversário, não xingou a mãe de ninguém. Só observou.

O Léo Pereira foi o Léo Pereira mesmo e nos trouxe a tranquilidade de ver ele (acho “vê-lo” feião. Foda-se) ali paradão observando “us doido” cabecear… E daí a gente lembra que não vai fazer isso na Final da Libertadores. Alívio.

O meio-campo se ressentiu (e como não fazê-lo?) da ausência do Arrascaeta e não criou muito. Não foi um total deserto de ideias e atitudes, mas sem o uruguaio realmente fica complicado.

Sem novidades lá na frente também. Michael bem outra vez e cheio de disposição, e Gabigol passou em branco. Segue ensaiando para a sua nova função em campo. Eu ainda não entendi direito. Parece que é um meio termo entre homem do meio de campo e os antigos pontas, que o Tite chama de extremos. Ele era melhor de centroavante, mas quem sou eu pra criticar as decisões profissionais “duzotro”?

E o Renato? Mexeu mal? Não sei. Disse ele que o Michael pediu pra sair. Fora isso, EU acho que deveria ter tirado o Everton Ribeiro.

Esse troço da Data FIFA não desfalca o Flamengo só na própria Data FIFA, no caso dos convocados para a Seleção Brasileira. Os caras voltam completamente bugados. Sei lá que porra é essa. Deve ter um armário lá onde deixam o futebol, e nunca lembram de pegar de volta na hora da saída.

Ah… Tem outra coisa que não mudou: o Flamengo segue favorito pra pegar essa vaga para a Final contra o Atlético-MG, que liquidou a fatura diante do Fortaleza.

No mais… Foi pênalti mesmo no Rodrigo Caio. Em um primeiro momento achei que não, mas o doido lá, mesmo sem ser de forma violenta, tascou o braço nos cornos do nosso jogador, não dando chance nem dele disputar a jogada.

O Pedro ainda tentou perder em uma cobrança lamentável. Inclusive bateu justamente no lugar onde costuma perder: baixo e no meio do gol. Quase acerta o pé do goleiro.

Tá é bom. Quem disse que o Flamengo precisa jogar bem pra passar pelo Athletico? Nosso mais ou menos é bem melhor que o ótimo da maioria dos times do futebol brasileiro.

Bora virar a chave que sábado tem jogo contra o fluminenCe. Aquele mesmo. Antes de achar que agora é o Flamengo, o tal lá do Eduardo Bueno achava que era o tricolor “o clube mais mau caráter do Brasil”.

Bora Vencer, Vencer, Vencer.

Isso aqui é Flamengo.

PETISCOS

. NEM TERIA PREÇO. A Conmebol bateu o martelo, e o ingresso para a Final da Libertadores vai mesmo custar cerca de 200 dólares (pouco mais de 1100 reais). É caro? É. Mas… Tipo assim… Qual é o VALOR de presenciar a conquista do Tri? Preço é uma coisa, valor é outra. Ainda que esse meu comentário não inocente quem “gere” o esporte por aqui, do Crime de transformar o futebol, outrora a dita alegria do povo, em um espetáculo elitista. 💰💰💰

. ESPORRO. Meti um spoiler do Prezão de ontem nas redes sociais. O trecho em que critico quem vaiou o Flamengo Multicampeão no domingo, após o empate com o Cuiabá. Resultado óbvio: tomei esporro de alguns frequentadores. Ahahaha… Tá de boa. EU só acho que esse time, com um único tropeço a cada dezena de jogos, não merece ouvir vaia. Mas não sou o dono da verdade, e muito menos tenho a pretensão de ensinar ninguém a torcer. 🎺🎺🎺

. UMA SEMANA DE CRIME. Cês já viram a franquia “Uma noite de crime”, né? (quem não viu, dá Google). Não é exagero, não vai ser a Disneylândia. Gravo vídeo lá no Canal comentando sobre isso um pouco mais pra frente, sobre a Final da Libertadores. Tenho muitos causos do passado… E projeções para o futuro próximo. ☠️☠️☠️

MESA DA ARCOIRIZADA

. DA CÁ O MEU. Comentei no Prezão que o Botafogo tá fazendo doce na negociação do patrocínio master. Diz o cara lá que a marca tem que ser valorizada (que marca? 🤣🤣🤣). Com o Vasco, que realmente tem uma marca e uma torcida, não teve mimimi. A empresa já até anunciou o desfecho das negociações antes do próprio clube. 💰💰💰

. RETROCESSO SOCIAL. Não é zoação com o Botafogo. É só uma análise dos passos pra trás que a humanidade dá. Na próxima temporada deve rolar um setor exclusivo para as mulheres no Engenhão. Darwin deveria ter tido mais tempo para analisar a raça humana. Parece que a Evolução das Espécies esqueceu da gente. 🦖🦖🦖

MESA DO TORRESMO

. ELOGIO SINCERO . Sobre a elitização do futebol citada na Seção Petiscos. O Palmeiras rema um pouco no sentido contrário. Em breve inaugura um setor popular lá no Allianz, e até o Dudu foi nas redes sociais, reclamar da facada que vai custar o ingresso na Final da Libertadores. 🐖🐖🐖

Meu Twitter. Cola lá.

VEJA TAMBÉM

As 2 equipes ainda disputaram duas finais de copa super 8 entre elas, com cada uma levando um título. Agora no NBB 14 os dois clubes se fazem protagonistas e farão neste sábado um duelo que promete ser espetacular. A equipe do SESI Franca vem passando por cima dos adversários e confirmando o grande favoritismo de uma equipe repleta de estrelas formada pra ser campeã. Já o Flamengo depois de perder grandes nomes desde a última conquista, montou um elenco de respeito buscando não só banhar Novo Basquete Brasil mas também o mundo.

Tá de boa, Canarinho Belga

Flamengo para em erro individual e já é 2022 na Gávea É… Deu ruim. Não que eu esteja em condições etílicas adequadas pra escrever isso

FlaBasquete NBB Rio Claro

Liberta, DJ

Flamengo e Palmeiras se enfrentam em busca da Glória Eterna 🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶🎵🎶 Aeeeeeeee… Chegou o Grande Dia. E o BoTTeco está de portas com o Prezão

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra