Redação História – Goleiros do Flamengo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Goleiros do Flamengo
Certicação por Equivalência em 45 dias

Você conhece quem foram aqueles que defenderam o nosso gol durante a história do nosso Flamengo?

Verdade seja dita, uma das posições mais injustiçadas do futebol, é o “guarda rede”, famoso goleiro. Vamos conhecer alguns deles que defenderam a nossa meta?

Dorival Knipel, goleiro que defendeu o FLamengo de 1939 a 1944

Dorival Knipel

Dorival ganhou este apelido por ser parecido em físico e estilo com o Yustrich que defendia o Boca Juniors (ARG). Goleiro do Flamengo entre 1935 e 1944, ganhou quatro cariocas: 1939 e 1942 (como titular) e 1943 e 1944 (na reserva)

Antonio Luiz Cantarelli, Goleiro do Flamengo que defendeu nossas cores de 1973 a 1989. Goliro com mais partidas pelo Mengão, 577.

Antonio Luiz Cantarelli

Nascido em 26/9/53, Além Paraíba-MG. Embora na maior parte do tempo tenha sido reserva em sua carreira, defendeu o nosso Mengão entre 1973 e 1989 e tem uma incrível marca de 577 partidas com a camisa do Flamengo, o que mostra a sua importância. É o goleiro com mais jogos pelo nosso Flamengo e o sexto geral (atrás de Júnior, Zico, Adílio, Jordan e Andrade) Cantarelli sempre era o goleiro entre ciclos importantes. (saída de Renato até a chegada de Raul e saída de Fillol e a chegada de Zé Carlos).Na era de ouro do nosso Mengão, ele foi reserva em todas as conquistas.

Jurandir Corrêa dos Santos é o goleiro do primeiro tricampeonato. Defendeu nosso Flamengo de 1942 a 1946

 Jurandir Corrêa dos Santos

Nascido em 26/4/1912, São Paulo; 4/3/1972, São Paulo. É lembrado como o goleiro do primeiro tricampeonato do nosso Flamengo. Se destacou no Palmeiras e defendeu o Mengo entre 1942 e 1946, primeiro revezando com  o já citado acima Yustrich e, depois, como titular absoluto. Chegou até defender a nossa Seleção Brasileira. Em 1946 foi para o Corinthians.

Raul Guilherme Plassmann é para alguns Flamenguistas o goleiro mais importande da história do Flamengo, isso pela conquista do mundial.

Raul Guilherme Plassmann

Raul não é um de nossos garotos do ninha, porém foi um dos goleiros que fez história no Flamengo; vindo do Cruzeiro, ele chegou ao Mengão já com sua carreira bem estruturada, tendo mais de 500 partidas pelo time mineiro e desta forma não demorou a cair nas graças do torcedor flamenguista. Pelo Nosso Mengão, foram 228 partidas pelo nosso clube e vários títulos, entre os mais importantes, os três primeiros campeonatos brasileiros conquistados pelo clube e também a Libertadores de 1981 – sem esquecermos do mundial no mesmo ano, no Japão. Por essa que é até hoje nossa maior conquista, é considerado por muitos Flamenguistas como o maior goleiro da história do Rubro-Negro. Ao falar de Raul Plassmann é impossível não lembrar do seu uniforme de jogo. Em uma época que todos os guarda-redes usavam preto, ele utilizava uma camisa amarela e luvas brancas. Plassmann atuou pelo clube entre os anos de 1978 a 1983.

Vale lembrar que essa é uma lista pessoal e apenas com o interesse informativo, de entretenimento e um pouco de nostalgia. Essa lista não representa a opinião do Redação Rubro Negra.

Gilmar Rinaldi, atuou pelo Flamengo de no titulo brasileiro de 1992

Gilmar Rinaldi

Nascido em 13/1/59, Erechim-RS. Ex-Inter e São Paulo, chegou ao nosso Flamengo com 31 anos, em 1990. Logo tornou-se titular mesmo com a idade avançada, colocando o até então titular Zé Carlos no banco. Foi um dos nomes essenciais do time campeão carioca de 91 e também campeão brasileiro de 92 e o representante do nosso Mengão na Seleção que ganhou o tetra em 1994 nos EUA. Depois daquela Copa, acertou com o Cerezo Osaka e encerrou a carreira no Japão. Virou empresário e já foi coordenador da Seleção.

Júlio César um dos xodos da torcida do mengão ganhou tudo enquanto foi goleiro na Inter de Milão

Júlio César Soares de Espindola

Nascido em 03/12/1979, Duque de Caxias, RJ é uma joia da casa. Nosso goleiro estreou com 17 anos, mas ainda teve que ficar por três temporadas na reserva de Clemer. Em 2000 virou titular e ficou no clube até 2006, antes de ir para a Inter de Milão, onde ganhou tudo (Italiano, Champions, Mundial) e dividiu por anos o posto de melhor goleiro do mundo com Casillas. Defendeu o Brasil em três Copas: 2006, 2010 e 2014, sendo titular nas duas últimas

Bruno, campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009

Bruno Fernandes de Souza

Nascido em 23/12/1984, Ribeirão das Neves-MG – O intuito desta lista é somente falar do desempenho esportivo de cada atleta, a vida pessoal do atleta não nos importa! O goleiro Bruno, que defendeu o Flamengo entre 2006 e 2010, era em sua época um dos melhores goleiros do país, já sendo cogitado por times europeus e pela seleção brasileira. Protagonista de defesas espetaculares sendo campeão carioca três vezes e do Brasileiro em 2009

Diego Alves foi o goleiro campeão da libertadores em 2019 pelo Flamengo

Diego Alves Carreira

Nascido em 24/6/1985, Rio, chegou ao Flamengo em julho de 2017 já bastante consagrado, ainda mais por defender os pênaltis das lendas Messi e Cristiano Ronaldo, com o foco em buscar uma vaga na Seleção para a Copa de 2018. Passou um tempo na reserva, mas 2019 mostrou toda a qualidade que fez dele um dos melhores do mundo e o maior defensor de pênaltis da história do futebol espanhol (pelo Valencia), além de melhor goleiro da Espanha na década 2010/20 (pela WhoScored). Um detalhe: sua média de defesas em pênaltis é de 50%

Obrigado por ler! Se puder ler outras colunas minhas estaria me ajudando e ajudando demais o site! Me siga (@photoviegas) no Twitter e siga o Redação Rubro-Negra (@Red_RubroNegra) no Twitter e no Instagram (@redacaorubronegrah). Contudo, se discordou ou concordou com algo que eu disse ou lembrou de algo que eu deixei de fora, escreva nos comentários! Críticas, contanto que educadas e construtivas, sempre são bem-vindas! SRN.

Leia também

Aquisição do C.D. Tondela-POR e lançamento de seu Fan Token: Os novos investimentos do Flamengo

VEJA TAMBÉM

Pedro - Flamengo x Athletico-PR

Pra quebrar o novo acordo

Flamengo encara o fluminenCe, que tem dado sorte em Clássicos não decisivos contra o rubro-negro Tempos atrás o acordo não escrito era com o Vasco.

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra