Viúvas de JJ

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Jorge Jesus mesmo após sua saida em 2020 deixou uma marca impressionante no futebol brasileiro.
Certicação por Equivalência em 45 dias

O Flamengo está em 3 frentes ainda em 2021, mas é inegável que toda hora a comparação com o time de Jorge Jesus venha a tona.

Os números dizem por si só, pois se olharmos para o final da 27° Rodada de 2019, o Flamengo vencia o Fluminense por 2 x 0 e atingia incríveis 64 pontos até então. Para se ter ideia, hoje, o Flamengo com 24 jogos possui 46 pontos e caso venha a ganhar os 3 jogos faltantes, alcançaria 55 pontos. Com essa pontuação em 2019, seria líder, com 1 ponto na frente do vice líder Palmeiras com 54 pontos.

O Atlético que hoje tem 56 pontos e 1 jogo a menos caso vença chegaria a 59 pontos e mesmo assim ficaria longe do aproveitamento do time de JJ.

Mas as comparações vão muito além dos números. Ontem, no empate diante do Cuiabá, o Flamengo terminou o jogo tendo como dupla de ataque Vitor Gabriel e Gustavo Henrique, isso mesmo…não é nenhum atacante recém promovido da base não….é o zagueiro que foi improvisado no ataque.

A estratégia foi a mesma que o adversário do Renato Gaúcho na competição, Cuca, usou no 2° jogo das semi finais da Libertadores, onde o Atlético MG acabou sendo eliminado pelo Palmeiras. Uma nítida demonstração de desespero sem nenhum tipo estratégia.

O Flamengo tomara Deus que conquiste os 3 títulos que disputa ainda esse ano, mas está claro que, não são apenas R$ 200 milhões em contratações que fazem um time ser uma potência. Os títulos virão muito mais pelo poder individual dos atletas do elenco do que pelo entregador de coletes. É preciso ter um excelente piloto para dirigir uma Ferrari.

VEJA TAMBÉM

Flamengo já tem anúncio da venda do atacante Michael preparado

Flamengo já tem anúncio da venda do atacante Michael preparado

Michael revelou para o departamento médico do Flamengo que estava passando por umas das maiores barreiras que o ser humano pode passar no fator psicológico, Depressivo e infeliz, Michael tinha perdidoa vontade de fazer o que mais gosta; Jogar futebol.
O craque procurou apoio psicológico e superou, em 2021 foi o primeiro jogador do futebol profissional a voltar antes das férias e disputou o início do Campeonato Carioca entre os Garotos do Ninho.
Logo se via o Michael dedicado e treinando nas férias e dizendo: – O menino Maluquinho vai voltar voando.
Michael fez sua redenção na sua melhor temporada com a camisa do Flamengo, marcava gols decisivos, era a alegria que a torcida rubro negra estava sentindo falta desde a saída do técnico Jorge Jesus.
Apelidado de Menino Maluquinho pelo narrador esportivo José Carlos Araújo- o Verdadeiro Garotinho, Michael virou xodó da torcida do Flamengo, mesmo na reserva, ele não se incomodava e dizia que estaria sempre a disposição da comissão técnica para ajudar a equipe, passou ser o décimo segundo jogador em campo, e fazia os adversários ficarem sem noção com suas jogadas acrobáticas.

2022, que comece a chatice!!!

Vai começar o Buraco Negro dos esportes Eta porra… E isso lá é jeito de tratar o Campeonato Mais Charmoso do Brasil? 🤣🤣🤣🤣 Pior que

Fica Andreas X Fora Andreas

Há coerências e incoerências de ambos os lados Faltando uma semana pra bola rolar… E é hora de deixar de lado o chinelinho. 😭😭😭 O

Deixe um comentário

Bem Vindo ao Redação Rubro Negra